Moro atualmente nos EUA
Fui professor de química por 12 anos e sou músico autodidata.
Participei de vários festivais pelo Brasil,sendo premiado em alguns deles.Comecei a escrever aqui com o incentivo da Estrela Feminina, a quem agradeço de coração. Deixo aqui um pouco do que escrevo!


::MEU AWARD::







::AWARDS RECEBIDOS::



Silvia Mensagens



::SELOS & PRÊMIOS::




::DESTAQUES::







:AWARDESPECIAL::






As verdadeiras amizades são feitas em pequenas atitudes, por isso a gente nunca esquece de quem não esquece da gente





Histórico:

- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 31/12/2006 a 06/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 17/12/2006 a 23/12/2006



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis
- midis


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:



 

 Cadência do Amor
                      ( Cláuder Freitas )

Na cadência do amor nossos corações se cruzam.
Num ritmo compassado e forte.
Escrevendo uma melodia sublime
Que nos arrasta aos pés de uma paixão.

Um batuque louco que mergulha nas profundezas do nosso ser
Trazendo de volta a chama ardente que queima sem parar.
Um tesão sem fronteiras que faz tremer nossa alma.
Na cadência do amor , nossos corpos se misturam.

Sem pressa , sem hora , sem lugar.
Somente nós dois e o tempo em volta
Parado a escutar
Os sussuros loucos e breves
De dois seres que se entregam.
Na cadência do amor



- Postado por: Clauder às 09h43 AM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

 

 

Tudo que restou
                  ( Cláuder Freitas )


Tudo que restou
Foi uma viola e uma chinela para andar.
No teu coraçao o meu ir buscar,
Ah menina arrebenta o coração,
Faz de mim tua vida,
Mas você não quer mais não.

Tudo que restou
Foi uma canção de paixão pelo ar.
Nas nuvens , no céu, só vejo o  olhar.
Ah menina, minha doce inspiração
Faz de mim tua vida
Mas você não quer mais não.

Tudo que restou,
Foi uma chinela e uma estrada a andar.
E o meu coração pensando em amar,
Ah menina és uma doce paixão.
Faz de mim tua vida,
Mas você não quer mais não.

Tudo que restou ......

 



- Postado por: Clauder às 10h05 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

INCONDICIONALMENTE...
                              O AMOR...
                        Ana Lucia (*estrelafeminina®)

São tantos caminhos que cruzam a nossa vida;
tantos propósitos e despropósitos de luta renhida,
que por algum período tudo nos parecem sem solução.
São dias que vem, noites que findam sem graça,
como calando a voz numa horrenda mordaça,
enclausurando os sentimentos no coração.
Porém o amor como água abençoada e cristalina,
cria fissuras e escapa cheio de adrenalina,
rompendo situações e qualquer barreira.
De repente o sol de todos os dias é mais brilhante,
as alegrias antes esparsas, são mais constantes,
e viver se torna uma adorável brincadeira.
É assim o sentimento que movimenta meu ser,
esse amor que transforma o meu viver,
e que ameniza qualquer cansaço, qualquer dor.
Por ser assim independente de ocasiões,
por ter um anjo em todas as inspirações,
é que é...incondicionalmente...Amor!



- Postado por: Clauder às 05h07 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

Amor Adormecido
                           ( Cláuder Freitas )

Ao sentir tua pele junto a minha
Não imaginava que tal prazer existisse.
Jamais ousei em te tocar
Olho fundo na tua alma
Desejo interminável e sublime.
Estou agora nas nuvens bem perto de ti.
Leio nos teus lábios o prazer que sentes,
Uma explosão de gozo por todos os poros
Zelando por uma paixão infinita e eterna.
Que não se apaga nunca, sei que adormece
E quando menos se espera
Nos acorda com uma magia incrível.
Para o amor não existe tempo nem lugar.
Por isso, mesmo distante , estarei sempre
Perto de ti.



- Postado por: Clauder às 12h24 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

 

                                                             

 

Volta
             ( Cláuder Freitas )

Estou de volta e para sempre
Sei que a ausência é questionada
Tentei uma saída para a minha procura
Relutei para  não estar aqui
Entretanto, sei que no meu íntimo
Lamentava em não escrever.
Algo me dizia que estava errado

Fui buscando as palavras
E como deixá-las em harmonia
Meditei como um anjo sábio
Imaginando o que fiz durante esse tempo
Notei que  meu dom estava sendo apagado
Inacreditável  foi descobrir que ele continuava ao meu lado.
Num breve instante algo queimou aqui dentro
Agora posso dizer que estou pronto!

Voltando a postar ! Beijos a todos !


 



- Postado por: Clauder às 05h06 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

Sincera Verdade
                                     by Cláuder Freitas

 

No escuro do meu quarto
Tudo é tão frio e distante
Me sinto  sozinho
Mas sei que você existe.
Não são  sonhos ou mera irrealidade.
É apenas a mais sincera verdade!
Queria  te ter nos meus braços,
E saciar minha vontade de te amar
Beijar a sua boca úmida e quente
E desse beijo sentir o tesão me sufocar.
Esses lábios, que percorrendo  meu corpo
 Me fazem enlouquecer
Te amando desesperado , na busca do prazer
Te envolvendo em meus afagos
Te querendo eternamente junto a mim
Entrelaçados um ao outro
E num gozo profundo e interminável.
Poder   dizer  que  amo você!



- Postado por: Clauder às 07h06 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

Na Fúria Louca do Amor
                          ( by Maksonho)


Na fúria louca do amor...


Na fúria louca do amor, em tuas mãos me entreguei!
Sem ao menos pensar no que para ti eu serei.
Em tuas palavras me agarrei...
Os sentimentos me dominarem, deixei.
Sem saber por onde eles me levariam..
Sem sentir me envolvi, me refiz,
Revivi, busquei, sonhei, fui feliz..
Quanto tempo... não sei não se diz...
A paixão é voraz, é doce é fugaz..
Em nossa vida entra e tudo refaz.
Deixa marcas, cicatrizes, mas apraz.
Quando o espírito fica em muita paz.

 

Lindo poema maninha!Obrigado por contribuir com palavras tão bonitas e profundas!



- Postado por: Clauder às 05h14 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

 

Comunhão
                   (Milton Nascimento/Fernando Brant)

Sua barriga me deu a mãe
O pai me deu o seu braço forte
Os seios fartos me deu a mãe
O alimento, a luz, o norte

A vida é boa me diz o pai
A mãe me ensina que ela é bela
O mal não faço eu quero o bem
Na minha casa não entra a solidão

Todo o amor será comunhão
A alegria de pão e o vinho
Você bem pode me dar a mão
Você bem pode me dar carinho

Mulher e homem é o amor
Mais parecido com primavera
É dentro dele que mora a luz
Vida futura no ponto de explodir

Eu quero paz eu não quero guerra
Quero fartura, eu não quero fome
Quero justiça, não quero ódio
Quero a casa de bom tijolo
Quero a rua de gente boa
Quero a chuva na minha roça
Quero o sol na minha cabeça
Quero a vida, não quero a morte não

Quero o sonho, a fantasia
Quero o amor, e a poesia
Quero cantar, quero companhia
Eu quero sempre a utopia
O homem tem de ser comunhão
A vida tem de ser comunhão
O mundo tem de ser comunhão
A alegria do vinho e o pão
O pão e o vinho enfim repartidos

Sua barriga te deu a mãe
Eu pai te dou o meu amor e sorte
Os seios fartos te deu a mãe
O alimento, a luz, o norte

A vida é boa te digo eu
A mãe ensina que ela é sábia
O mal não faço, eu quero o bem
A nossa casa reflete comunhão

 



- Postado por: Clauder às 11h00 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




  

 

  Não vou chorar  
                                            (by Maksonho)

Não vou chorar..

Não,  não vou chorar..

Ainda que as lágrimas teimem em rolar,

Eu sei não vou chorar...

Não vou chorar, a dor da perda..

Ainda que o coração partido, me faça pensar..

Eu sei não vou chorar..

Não,  não vou chorar..

Não vou chorar, o tempo sozinha,

Ainda que a cada dia o dar-se conta seja evidente, ardente...

Eu sei não vou chorar...

Não, não vou chorar...

Não vou chorar a saudade,

Ainda que a sinta  cortando minha alma,

Eu sei, não vou chorar...

Não, não vou chorar...

Porque sei, que vives...

E sempre em mim viverás...

Eu sei não vou chorar...

Não, não vou chorar...

Por que sempre vou te amar....

 

Obrigado maninha pelo poema tão maravilhoso!



- Postado por: Clauder às 09h54 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




                           

                        

 

  Não Existe Mais Distância  Entre Nós

                                                             ( Cláuder Freitas )


Que amor é esse que me esquenta na noite!
Que me faz descer das nuvens e contemplar o céu da Terra.
Ele me mostra na essência do seu olhar,
A nobreza de uma paixão que me alimenta a cada dia que passa!

Ah! Um amor que mistura tesão, magia e faz o sobrenatural se tornar real.
Puro, indecente e fatal!
Amor magistral que me acolhe nos braços e me faz delirar de emoção,
Busco palavras, mas a garganta seca só quer sentir seu beijo quente e molhado!
Sinto seu corpo junto ao meu, misturamos nossas peles , nossas vidas.
Juntamos amores distantes  tornando-os únicos e inseparáveis.
Não existe mais distância entre nós.
Existe AMOR



- Postado por: Clauder às 09h08 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




               

 

 

Encontros e Despedidas
Milton Nascimento
Composição: Milton Nascimento / Fernando Brant


Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar quando quero
Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai querer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim chegar e partir
São só dois lados da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem da partida



- Postado por: Clauder às 05h39 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

           

Amor Louco
                             (Cláuder Freitas )


Olha que tesão gostoso
Um frio que cobre meu corpo
E me faz homem
Uma mulher do outro lado sente também
E seu gozo é mais profundo que o meu

É um amor iniciado nos céus
Em cima de uma nuvem
E com tanta paixão, que Deus permitiu
Um anjo apaixonado por uma estrela

Não é só um romance, é uma vida
Corpos suados se unem
Misturam  a essência do prazer
Buscam a realidade do encontro
Sentem  o frio  de um amor louco
E se amam cada vez mais

Ah ! Estrela seu brilho me faz ser um mortal!
Sou humano, sou anjo, sou teu fã
Queria  só um beijo........mas agora quero você!



- Postado por: Clauder às 06h44 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

                

Mutações
                  (Cláuder Freitas)

 


Viver além do mar
Vencer todos os cais
Naufragar as solidões
Deixar o sol brilhar por nós
Querer assim ficar
Dois seres por iguais
Viveremos mutações
Ao som da nossa própria voz
E sonhar com o amanhã
Ver o tempo se perder
Nossos medos não teremos mais

O seu olhar faz me guiar
No vão das linhas que me dão a direção
O seu cantar me faz andar
Além do mar para te dar
 O meu olhar vai contemplar
Você é minha doce e linda mutação
Que fez mudar o meu pensar para compor esta canção
Amanhã seguiremos o destino de nós dois
Brindaremos mutações para depois
Ir viajar além do mar , além do ar



- Postado por: Clauder às 01h34 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

             

 

Dust In The Wind (tradução)

Eu fecho meus olhos, apenas por um momento e o momento desaparece
Todos os meus sonhos passam na frente dos meus olhos uma curiosidade

Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento

A mesma velha música
Apenas uma gota de água num mar sem fim
Tudo o que nós fazemos... vai se desmechar no chão, embora nos recusemos a ver

Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento

Agora, não se segure, nada dura para sempre a não ser a terra e o céu
Algum deslize, e todo o seu dinheiro não vai comprar mais um minuto

Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento
Poeira no vento
Todas as coisas são poeira no vento.



- Postado por: Clauder às 09h48 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

                 

 VIDA MATREIRA 
                                               
                                ( Cláuder Freitas )


Quando cai a tarde lá nos montes.
Deixo a minha vida acontecer.
Restos de lembranças tão sofridas!
Tento, não consigo  esquecer...
Quando o sol desponta no horizonte,
Trazendo o amanhã sem perceber.
Num galope manso levo a vida,
Num remanso pronto pra viver!
É violão cantando baixo
É o trem na estação
Saudade de  quem fica , longe do meu coração
Chuva na serra , fruto que vem ,
Matar a fome de quem tem
Água na bica , banho de cachoeira,
Vida Matreira sem ninguém!

 

 

 



- Postado por: Clauder às 10h58 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________